contato@ideallecobranca.com.br

41 3013 3724 . 41 3013 5947

Pagamento de ITBI: tudo que você precisa saber sobre o cálculo do imposto

16 mar 2021

Acompanhe a parte II do nosso guia sobre o ITBI. Na parte II você descobre como é calculado o imposto.

Parte II

O ITBI é calculado, normalmente, com base em uma estimativa do valor de mercado do imóvel feita pela prefeitura — chamada valor venal. Para chegar ao valor estimado são consideradas uma série de características, como tamanho, idade e localização do imóvel.

Nos últimos anos, tem sido cada vez mais comuns os casos em que o valor venal estimado pela prefeitura é maior do que o valor negociado entre comprador e vendedor, gerando um imposto a pagar mais alto. Nessas situações, existe a possibilidade de solicitar à prefeitura uma reavaliação; não há garantia, no entanto, de que o valor será realmente reduzido.

Para chegar ao valor do ITBI, multiplica-se o valor venal por uma alíquota que varia entre 2% e 3%, dependendo do município. Veja, a seguir, uma lista das alíquotas atualmente vigentes — não englobando casos especiais, isenções ou potenciais descontos — em algumas capitais brasileiras (importante consultar sempre, pois esses percentuais podem ter alterações):

São Paulo (SP): 3%;

Rio de Janeiro (RJ): 2%;

Belo Horizonte (MG): 3%;

Vitória (ES): 2%;

Porto Alegre (RS): 3%;

Curitiba (PR): 2,7%;

Salvador (BA): 3%;

Recife (PE): 3%;Goiânia (GO): 2%.


Fonte: Meu Living
Link: 
https://blog.meuliving.com.br/pagamento-de-itbi/  

Compartilhe essa notícia



Parceiros

contato@ideallecobranca.com.br

Av. Mal. Floriano Peixoto . 170 . Sala 1605 . Curitiba . PR

© Idealle - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: