contato@ideallecobranca.com.br

41 3013 3724 . 41 3013 5947

O serviço de delivery e a portaria remota

30 mar 2021

O delivery cresceu muito com a pandemia e isso deu pontos positivos para as portarias remotas que são mais seguras para as entregas. Acompanhe a primeira parte do post sobre o assunto.

Uma das grandes questões enfrentadas pelos síndicos diz respeito aos serviços de delivery. Muitos entendem que a figura do porteiro é fundamental para intermediar entregas, mas como acontece nos condomínios com portaria remota?

É fundamental definir regras para o delivery. Apesar de parecer óbvio, essa é a primeira medida que um síndico deve tomar para sua própria segurança. Isso porque as leis não trazem orientações sobre como lidar com os serviços de delivery. Mas, conforme a Lei Federal 6.538, art. 22, “Os responsáveis pelos edifícios, sejam os administradores, os gerentes, os porteiros, zeladores ou empregados são credenciados a receber objetos de correspondência endereçados a qualquer de suas unidades, respondendo pelo seu extravio ou violação”. Portanto, se o condomínio ainda não possui regras estabelecidas na convenção e no regimento interno, convoque uma assembleia para deliberar sobre. Com o registro, todos ficam cientes de suas responsabilidades.

Como a portaria remota pode proporcionar segurança nos serviços de delivery?

Especialistas em segurança entendem que é melhor não permitir a entrada de entregadores. Outros permitem em casos excepcionais e mediante cadastro interno. Independente das regras definidas pelos moradores, o controle de acesso é uma prática importante de segurança e a portaria remota, como uma tecnologia de modernização, traz facilidade para isso.

Com a portaria remota é possível ter o controle e o monitoramento de tudo o que acontece nas dependências de uso comum do condomínio. Entrada e saída de pessoas, recebimento e entregas de encomendas, tudo pode ser controlado à distância pela central de monitoramento de modo eficiente, sem expor colaboradores ao risco real de violência ou ameaça com intuito de invasão.

Ao chegar no condomínio, o entregador aciona, pelo interfone, a central de atendimento da portaria remota, pois não lhe é possível entrar em contato com as unidades. Ao ser atendido, ele se identifica e informa os dados do morador ao qual se destina a encomenda. Cabe então ao atendente entrar em contato com o condômino e solicitar sua ida à portaria para retirar o produto.

Dessa forma, não há necessidade de entrada de pessoas externas. Pode-se adotar o mesmo procedimento no caso de entregas de gás e água. Vale lembrar que para o caso de entregas de comida e outros produtos menores, o ideal seria a instalação de um passa-volume para evitar qualquer possibilidade de imprevisto devido à abertura de portas externas, mas isso envolve custos que nem todo condomínio dispões de recursos para executar.

Outras correspondências e mercadorias devem ser recebidas, conferidas e distribuídas pelo zelador em condomínios com portaria remota. Interessante lembrar que já há soluções no mercado de armários inteligentes, facilitando a rotina dos condôminos, não sendo mais necessário depender do zelador para retirar sua encomenda.

Além disso, resolve-se falhas técnicas rapidamente com uma portaria remota. Se, em qualquer momento, algum dos dispositivos apresentar falhas, seu próprio sistema aciona a empresa responsável para enviar então um técnico e fazer o conserto.

Como toda tecnologia, é necessário um tempo de adaptação dos envolvidos e um cálculo aprofundado dos custos de implantação e de manutenção. Se no seu condomínio valer a pena implantar pode representar uma importante redução de custos além do advento de ser mais segura com o controle de acesso de entregadores e demais pessoas externas ao condomínio.

Fonte: Kiper

Gostou das informações? Não esqueça de nos seguir em nossas redes sociais e de acompanhar o nosso blog para conferir mais conteúdos como esse!

Compartilhe essa notícia



Parceiros

contato@ideallecobranca.com.br

Av. Mal. Floriano Peixoto . 170 . Sala 1605 . Curitiba . PR

© Idealle - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: