Conheça as vantagens e desvantagens de morar em um arranha-céu

Prédios cada vez mais altos entraram no cotidiano dos brasileiros e oferecem ângulos diferenciados

Arranha-céu e apartamentos em andares mais altos têm preços também elevados e são muito cobiçados por quem procura um novo imóvel. O principal motivo é a vista privilegiada, seja para a praia, parque ou mesmo para admirar a cidade. O ângulo é sempre diferenciado.

“Os andares mais altos dos edifícios residenciais normalmente desfrutam de horizontes mais amplos, com maior incidência de sol e mais privacidade, com menos vizinhos na mesma altura”, diz o arquiteto Leonardo Junqueira.

arranha-céu

A vista e a tranquilidade da vida em um arranha-céu prevê custos altos (Foto: Shutterstock)

Longe da correria lá de baixo e do trânsito pesado, morar em um arranha-céu também significa maior tranquilidade, com menos barulho. “Além da boa entrada de luz e ventilação”, lembra o arquiteto David Bastos.

Mas nem tudo são flores. Há algumas desvantagens em morar tão alto. Uma delas é a demora maior para subir ou descer. Por isso, veja se o elevador tem velocidade suficiente para que não seja uma longa viagem. Outra coisa: pergunte onde ficam as caixas d’água e como é o sistema de bombas. Se for lá embaixo, é possível que o banho tenha menos pressão.

“O que se considera desvantagem pode variar de acordo com gostos pessoais, considero que a exposição a ventos, chuvas e grande insolação solar pode ser um problema quando se pensa em climatização”, explica Junqueira.

Decoração

arranha-céu

A vida em uma arranha-céu pode modificar de forma intensa a decoração do imóvel (Foto: Shutterstock)

Para Bastos, morar em um arranha-céu influencia na disposição dos ambientes. “Deixar os móveis posicionados para que os visitantes apreciem a vista é uma excelente opção”.

Junqueira ressalta que, em áreas externas ou varandas que não podem ser fechadas ou envidraçadas, o mobiliário deve ser pesado, para não sair do lugar com vendavais. Os materiais devem ser de fácil limpeza e manutenção.

“Já se a sacada for fechada com vidros, o cuidado deve ser com a insolação, ou seja, colocar móveis resistentes ao sol”, ensina o arquiteto.

Fonte: https://revista.zapimoveis.com.br/arranha-ceu/