contato@ideallecobranca.com.br

41 3013 3724 . 41 3013 5947

5 erros na portaria condominial que afetam a sua segurança

25 abr 2022

Apesar de todo cuidado que deve haver quanto à segurança, ainda assim existem erros da portaria condominial que devem ser evitados. Confira quais são!

Apesar de todo cuidado que deve haver quanto à segurança, ainda assim existem erros da portaria condominial que devem ser evitados e, dessa forma, garantir mais proteção às famílias que residem nesse tipo de moradia.

Confira os principais erros da portaria condominial!

  • Não definir as regras de entrada de visitantes: A falta de regras que regulam a entrada de visitantes pode levar o porteiro a cometer inúmeros erros. É essencial, por isso, que o síndico estabeleça um regulamento de atendimento aos visitantes — sejam eles regulares ou para a execução de algum serviço ou entrega de mercadorias. Para que esse erro não coloque em risco a segurança do condomínio, é essencial a criação de um manual de regras a serem seguidas pelos porteiros e demais colaboradores.
  • Abandonar a portaria: É fundamental que o síndico estabeleça critérios para que, nesses casos, o colaborador seja substituído sempre que precisar. A regra deve ser sempre manter alguém na portaria para cobrir a ausência temporária do porteiro. No condomínio, deve haver sempre mais de um colaborador que possa substituir o porteiro, caso ele se ausente de seu posto.
  • Permitir distrações na portaria: Um hábito comum e que muitos síndicos não se dão conta é quanto às distrações na portaria. O local requer atenção total do porteiro, já que tudo que lhe distraia pode ser prejudicial à sua função. Exemplo disso seriam alguns porteiros terem acesso à televisão e rádios na portaria ou até mesmo conversas prolongadas com moradores.
  • Consentir que o porteiro faça outras tarefas além da sua: Um erro recorrente em algumas gestões de condomínio é permitir que o porteiro seja multitarefas, ou seja, que ele execute tarefas que não estejam associadas à sua função. As atividades executadas por porteiros que vão além de suas funções são muitas, e o problema maior é que podem desviá-los da atenção que necessitam para o perfeito cumprimento de suas tarefas.
  • Não treinar o porteiro adequadamente: Todos os erros relacionados neste conteúdo ocorrem, principalmente, por não haver um treinamento adequado. É muito importante que o síndico, sempre que contratar um porteiro, capacite-o por meio de um treinamento. Dessa forma, ele saberá sobre as regras, assim como o que pode ou não fazer no desempenho de sua função.

Gostou das informações? Compartilhe a sua experiência com a gente aqui nos comentários!

Não se esqueça de nos seguir em nossas redes sociais e de nos acompanhar em nosso blog para mais conteúdos como esse!

Compartilhe essa notícia



Parceiros

contato@ideallecobranca.com.br

Av. Mal. Floriano Peixoto . 170 . Sala 1605 . Curitiba . PR

© Idealle - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: